ÁGUA SUJA

ENCONTRO DE BLUESEIROS DE SALVADOR

Carlenah Damiah
  • Oklahoma City
  • Burquina Faso
  • Mensagens de blog
  • Tópicos
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos
 

Página de Carlenah Damiah

Presentes recebidos

Presente

Carlenah Damiah ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente para Carlenah Damiah

Caixa de Recados

  • Sem comentários por enquanto!

Você precisa ser um membro de ÁGUA SUJA para adicionar comentários!

Entrar em ÁGUA SUJA

 
 
 

Membros

NOVA MIRON

BLUES FREE SALVADOR - TEMPORADA TAVERNA MUSIC BAR

BLUES FREE SALVADOR - TEMPORADA  ÁGUA SUJA, CONVIDADOS & JAM SESSION

O TAVERNA MUSIC BAR orgulhosamente apresenta: ÁGUA SUJA & E O PROJETO BLUES FREE SALVADOR!!!
O mais extenso projeto de blues da Bahia está de casa e dia novos, a JAM agora será todas as quintas-feiras no descolado e mais novo badalado “point” da boa música na cidade, o TAVERNA MUSIC BAR.
BANDA ÁGUA SUJA - O grupo é formado pelo baixo e direção musical de JERRY MARLON, pela voz e guitarras alucinantes de OYAMA BITENCOURT, pelos teclados do maestro ZITO MOURA, pela engenharia de som e bateria do norte-americano BRIAN KNAVE e a produção de ANGELA CRISTINA. O projeto já é conhecido pelos apreciadores do Blues/R&B/Soul Music em Salvador, pois, já se aproxima dos 10 anos, de temporada em temporada, passando pelo ALI DO LADO (02 anos e 03 meses), MADALENA (01 ano e 06 meses), MOSTEIRO DE FRANCISCO (01 ano e 08 meses), BAR DO FAROL (02 anos) e recém-saída de uma extensa temporada de quatro anos e três meses, de um pub da cidade, onde se apresentavam semanalmente as quartas-feiras, feito nunca antes conseguido por nenhuma outra banda de blues em Salvador. Sempre com uma JAM SESSION por onde passaram músicos como: Mauro Thain, Guimo Migoya, João Teoria, Dada da Gafieira, Kiko Souza, Alfredo Moura, Victor Brasil, Jorge Brasil, Luizinho Assis, Nino Moura, Luciano Souza, Pedrinho Rêgo, Paulinho Andrade, Maestro Zeca Freitas, Fernando Nunes, Flávio Guimarães, Mauro Santolli, Keko Pires, Octávio Américo, Luciano Calazans, Fernando Barreto, Humberto Batalha, Toni Duarte, Candido Martinez, Cris Macchi, Tavis Magalhães, Gilmar Chavez, Miguel Archanjo, Robinson Cunha, Jelber Oliveira, Juliano Oliveira, Guiga Blues Rock, Eric e Álvaro Assmar, Mário Dannemann, Luiz Rocha, Martin Holland, Diego Andrade, Icaro Britto, Candice Fiais, Rosi Marback, Petronius Bandeira, Gustavo Mullen, Cadinho Almeida, Ivan Oliveira, Gabriel Gonçalvez, RB, Jorginho King Cobra, Armandinho Macêdo...entre outros. A turma está cheia de gás para esse novo momento, preparando um disco e um clipe para 2016, mexendo no repertório e aquecendo as turbinas... Além da formação com músico respeitados na cena musical o conjunto aglomera diversas apresentações em vários projetos musicais de alta relevância, inclusive, o ENCONTRO DE BLUEIROS DE SALVADOR que neste ano entrou na sua 5º edição sempre capitaneado e fomentado pelo conjunto... entre outros.
O TAVERNA MUSIC BAR, por sua vez é uma casa jovem, comandada pelo “antenado” BETO CHAVES, com um excelente atendimento, petiscos saborosos, cerveja geladíssima e de várias marcas. O acesso ao espaço é privilegiado durante este período de reformas no bairro do RIO VERMELHO, pois, fica próximo a curva da Praia da Paciência, onde encontra-se uma maior praticidade e facilidade de estacionar próximo ao espaço... O melhor de tudo A ENTRADA CONTINUA FREE mantendo a proposta do grupo que é levar a BOA MÚSICA e o BLUES/R&B para todos os públicos.
BLUES FREE SALVADOR – TEMPORADA TAVERNA MUSIC BAR
ÁGUA SUJA, CONVIDADOS E JAMS SESSION.
Onde:
Taverna Music Bar
Rua da Paciência, 127 – Rio Vermelho.
Quando:
Todas as quintas
Que horas:
A partir das 22h
ENTRADA FRANCA
Informações:
71 98296-2886 / 71 99957-4653

A The Dubliners Irish Pub se instalou no bairro mais boêmio da capital baiana, o Rio Vermelho


Da Redação (redacao@portalibahia.com.br)

A franquia The Dubliners Irish Pub, que já teve filiais no Centro Histórico de Salvador e na orla da Barra, agora promete levar o melhor da música para o Rio Vermelho. A casa, inspirada nos moldes dos aconchegantes pubs europeus, oferece estrutura para shows, com espaço para snooker e um cardápio variado com cervejas nacionais e importadas. 

A inauguração acontece na próxima quarta-feira (10), e contará com o relançamento do projeto Blues Free Salvador e uma Jam Session de músicos profissionais do cenário local. 

Chopperia no The Dubliners Irish Pub - Rio vermelho

A The Dubliners Irish Pub é uma franquia existente em mais de cinqüenta países e está presente na capital baiana desde abril de 2005. Inspirado na arquitetura intimista dos Pubs Ingleses e Irlandeses, o ambiente é climatizado, decorado com temas de bebidas famosas – como Jack Daniel’s e Budweiser – iluminado à meia luz.

"É uma oportunidade ímpar de voltar ao passado e vivenciar o clima boêmio em que nasceram alguns dos principais nomes do rock mundial e com uma invejável carta de cervejas", diz a assessoria da casa. 

Além de sediar as apresentações de bandas renomadas e iniciantes no cenário musical do estado o local também receberá trabalhos teatrais.

The Dubliners Irish Pub
Local: Praia da Paciência, 255 – Rio Vermelho (Próximo a Farmácia S’antana)
Informações: 71 9957-4653 / 9925-6263


***Angela Cristina
71 9957-4653
angelapereira_2003@hotmail.com

***Jerry Marlon
71 9957-4663
jerrimarlon@hotmail.com

ÁGUA SUJA (RHYTHM'BLUES) / ENCONTRO DE BLUESEIROS DE SALVADOR

 

 

Em 2004, Jerry Marlon e Hélio Rocha amigos que tocavam juntos na banda 14º andar, tiveram a idéia de montar uma banda de blues, juntaram-se a eles Marcelo Torres e Luís Rocha, no ano seguinte Hélio Rocha saiu e em seu lugar entrou Cláudio Lacerda o que marcou um retorno ao Talk Blues. Por causa da grande demanda de outros projetos Marcelo também saiu, e em seu lugar entrou o atual baterista o americano Brian Knave.

 

O nome da banda “Água Suja” foi dado por Hélio Rocha que teve origem através do nome do Bluesman Muddy Water, que traduzido ao pé da letra significa “água barrenta”, que remete às águas do Rio Mississip e foi adaptada para que tivesse um melhor sentido e chegou-se à “água suja”.

 

A Água Suja é marcada por uma grande rotatividade de músicos, o que Jerry Marlon, seu fundador, diz ser “uma banda libertina”. Porém, a grande vontade de todos, os que passaram e os que ficaram, era ter uma banda de blues para renovar a cena do blues de Salvador. Levam o R&B como vertente para fazer shows mais inovadores.

A banda que começou tocando no Irsh Pub, no primeiro show tocaram para um público de no máximo 10 pessoas, contando com as esposas dos músicos, poucos amigos e as garçonetes do pub, participou de festivais e circuitos de blues em Salvador, como o Moto Festival 2007 e 2008, o Circuito Alternativo no carnaval de 2007, Teatro Acbeu, Anuário de Engenharia 2007 (Hotel da Bahia) temporada de 03 meses no The Dubliners Irsh Pub, (Barra), 08 meses no Madalena bar e restaurante (orla), 06 meses no Mosteiro de Francisco (Barra) há mais de 04 meses no Portela Café no Rio Vermelho, recepcionou o 1º e 2º Encontro de Blueseiros de Salvador evento conceitual do seguimento blues em Salvador, também o Projeto Saturday Farol Blues, evento que reúne diversos artistas da cidade em um mesmo palco durante 02 meses. Atualmente está dando andamento ao projeto Blues For Salvador, todas as quartas no bar Ali do Lado, Rua da Paciência, Rio Vermelho.

A banda formada por Jerry Marlon no baixo, o guitarrista e vocal Oyama Bittencourt, o tecladista Jelber Oliveira e o Brian Knave (E.U.A) na bateria. O repertório vai do blues tradicional, passando belo R&B, soul music, country e rock’n’roll.

ÁGUA SUJA é uma banda de R&B , onde o BLUES , O SOUL, O JAZZ , O COUNTRY e o ROCK ´N ROLL aparecem com naturalidade. Com dois PROJETOS significativos nos últimos 10 anos, o ENCONTRO DE BLUSEIROS DE SALVADOR  e o BLUES FRE SALVADOR, este com uma  JAM SESSION concorridíssima ,o grupo se mantém em cartaz com uma frequência de público recorde. O objetivo esta justamente nessa FUSÃO, no encontro de músicos, na natureza da MÚSICA sem fronteiras geográficas e estilos, uma vez que toda a música do SEC XX veio, de uma forma ou de outra da AFRICA : O BLUES, O SAMBA ,  A SALSA, O JAZZ ...etc., GENUÍNOS  representantes na BAHIA  da WORLD MUSIC, como é chamada esta manifestação musical que alcança quaisquer lugar do planeta.

 

Na sua quarta edição, o Encontro de Bluseiros surgiu através da iniciativa do baixista da banda Água Suja, Jerry Marlon, em parceria com a produtora Ângela Pereira. O projeto é fomentado pelo Governo do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultural pelo projeto Pelourinho Cultural. “Louvável a iniciativa de uma parceria para poder levar o blues  ao grande o público”, afirma, Jerry. Entre os apoiadores estão a Nova Miron e Cheiro de Pizza.

 

Com sua primeira edição em 2007, o projeto visa reunir profissionais de qualidade e simpatizantes do seguimento blues, em Salvador. Além de ressaltar à impressa e ao público local a importância da diversificação musical dentro do Estado, dando maior visibilidade cultural ao público baiano. Ao longo do evento, mais de cinco mil pessoas foram reunidas.

O público poderá apreciar o show nas mesas ao redor do palco, contando com um atendimento na mesa, que oferece um cardápio com bebidas e tira-gostos.  Para os mais empolgados, outra opção é ficar dançando na pista próxima ao palco. O ambiente é popular e agradável, permitindo uma mescla de público, contando com os fanáticos por blues, músicos, turistas e locais. “Já fui em duas edições do projeto e não perderei essa quarta! Uma cidade onde o axé impera é maravilhoso ter essa opção”, comenta David Roth, Analista de Sistema e fã de blues.

Formada por Jerry Marlon no baixo, Oyama Bittencourt na guitarra e vocal, Jelber Oliveira no teclado e o Brian Knave na bateria, a Banda Água Suja lidera o encontro com um repertório que vai do blues tradicional, passando belo R&B, soul music, country e rock’n’roll. Ao longo do show a Água Suja levou ao palco renomados convidados do cenário blues, nacional e internacional como, Lon Bové (E.U.A), Diego Orrico (BA), Ícaro Britto (BA) e Eric Assmar (BA). Baixos, guitarras e gaitas dialogam finamente no ambiente. Em edições anteriores, nomes como Mário Dannemann,  Rosi Marback, Pablicio (Clube de Patifes) e Robson Cunha, já participaram do projeto.

 

 

http://youtu.be/nJ7moCVk7jA

Aniversários

Últimas atividades

© 2017   Criado por Angela Cristina.   Ativado por

Relatar um incidente  |  Termos de serviço